17 de abril de 2011

A esquerda iludida

Marx, no final de sua vida, achava que o proletariado, particularmente o inglês, se estava aburguesando, e chamou o Manifesto Comunista de texto de interesse primordialmente histórico. Lenin, no final de sua vida, ficou tão preocupado com o burocratismo do Estado soviético que sofreu um derrame e deixou um documento intitulado "Nós, os comunistas, somos profundamente culpados perante os povos da Rússia". Trotsky, no fim de sua vida, achava que, se o proletariado ocidental não tomasse o poder ao fim da Segunda Guerra Mundial, estaria provado que o proletariado não tem condições de ser a classe dominante em nenhum país. Por que partir do ponto de partida dos grandes pensadores, e não de seu ponto de chegada?

2 comentários:

fabioninja disse...

gostaria de ler este texto de lenin.. mas não encontro... vc teria ele para me mandar? em que ano ele foi escrito?

Pedro disse...

Os governos híbridos, ou seja, de cunho socilaista mas que abrem suas economias para o capital como Rússia, China tem base de sustentação política e econômica por longos anos ?